Rumo a sul entre contratempos e muito frio

A sétima semana começava em grande. Estávamos em Escalante (UT), onde uns simpáticos “rangers” nos indicaram  os melhores slot canyons que podíamos ir para o curto tempo que tínhamos disponível. Desde o Zion National Park (UT) que tentávamos encontrar uma boa oportunidade para nos aventurarmos num slot canyon e não hesitamos. Percorremos os slot canyons Peek-A-Boo e Spooky Gulch e foi uma experiência fenomenal. Muito divertido!

Começando o trail para os "slot canyons"

Começando o trail para os slot canyons

Trilho para os slot canyons

Trilho para os slot canyons

Primeiros avanços no Spooky Gulch

Primeiros avanços no Spooky Gulch

Primeiras vistas do Spooky Gulch

Primeiras vistas do Spooky Gulch

Susana em progresso

Susana em progresso 🙂

Laura em progresso :-)

Laura em progresso 🙂

Laura em tempo de descanso!

Laura em tempo de descanso!

Susana entre buracos!

Susana entre buracos!

Spooky Gulch no seu melhor!

Spooky Gulch no seu melhor!

Laura voa de Spooky Gulch para Peek-A-Boo

Laura voa de Spooky Gulch para Peek-A-Boo

Susana medita um pouco

Susana medita um pouco (…)

(...) e decide bater na Laura

(…) e decide bater na Laura

Laura foge ...

Laura foge …

As duas entram no Peek-A-Boo

As duas entram no Peek-A-Boo

Passagem do Peek-A-Boo

Passagem do Peek-A-Boo

Peek-A-Boo no seu melhor!

Peek-A-Boo no seu melhor!

Encontro a meio do Peek-A-Boo

Encontro a meio do Peek-A-Boo

Quase no final do Peek-A-Boo

Quase no final do Peek-A-Boo

 A meio do regresso a Escalante que continuaria rumo a Moab (UT) nesse dia, ouvimos um barulho de ar a sair. Imediatamente saímos do carro e assistimos ao lento esvaziar de um pneu. Não, não filmamos 🙂 Encontramos facilmente o pneu suplente (raquítico) mas não havia nenhuma ferramenta para podermos proceder à troca do pneu. Estavamos numa rua de terra batida muito próximas do Devil’s Garden que tencionavamos visitar de dia. Não havia rede de telefone e ainda faltavam cerca de 15 milhas até Escalante. Entretanto passou uma pickup com dois rapazes simpáticos que se ofereceram para nos ajudar com as suas ferramentas. O problema da troca pelo pneu suplente ficou resolvida mas este era apenas um pneu provisório e não podiamos andar a mais de 50 milhas por hora com ele. Ligamos para a companhia e a melhor solução (por ser sábado) era conduzirmos mais de 400 milhas para trocarmos o carro por outro. O pôr-do-sol desse dia animou um pouco 🙂

Pôr-do-sol de consolo após pneu furado

Pôr-do-sol de consolo após pneu furado

Era então necessário alterar os nossos planos pois teríamos que “perder” um dia inteiro para trocar o carro. Tivemos que optar e resolvemos abdicar do “dia” do Arches, Canyonlands e Natural Bridges National Parks. Já com carro diferente passámos por Moab (UT), vimos um fenomenal céu repleto de estrelas pelo caminho e pernoitamos em Monticello (UT) e partímos para visitar o Mesa Verde National Park (já no Colorado). Revelou-se bastante diferente do que já tinhamos visto antes. Não era só uma questão de natureza, mas também entender que sítios como aqueles foram escolhidos por pessoas para construir casas há cerca de 700 anos atrás.

Visão geral do Spruce Tree House

Visão geral do Spruce Tree House (Mesa Verde National Park)

Pormenores da Spruce Tree House

Pormenores da Spruce Tree House (Mesa Verde National Park)

Depois de passar por Durango (CO), foi altura de partir para Santa Fe (NM), conhecido como o “local diferente” do New Mexico. Íamos notando que a temperatura estava muito baixa, chegando ao ponto de estarem 17ºF (cerca de -8,5ºC) ao meio dia. Pelo caminho vimos casas (earthship/biotecture) muito diferentes, passamos por Taos (NM) e visitamos o Taos Pueblo. Toda esta zona revelou-se interessante e o modo de construção das casas é realmente atractivo. Foi muito engraçado termos a oportunidade de pernoitar numa casa com as mesmas características.

Primeiras vistas do New Mexico com muito frio

Primeiras vistas do New Mexico com muito frio

Casas diferentes a caminho de Taos (earthship/biotecture)

Casas diferentes a caminho de Taos (earthship/biotecture)

Vista de Taos Pueblo

Vista de Taos Pueblo

Casas em Taos Pueblo

Casas em Taos Pueblo

No dia seguinte contínuamos a rumar para sul mas mesmo assim continuava muito frio. Soubemos que havia uma frente fria que nos estava a seguir e que ia na mesma direcção que nós! Depois de uma muito breve passagem por Roswell (NM), entramos no Texas e pernoitamos no McDonald Observatory (TX). Notamos que as casas típicas do Texas têm um estilo diferente, são todas em pedra pequena e tons de castanho claro. Na manhã seguinte tivemos a oportunidade de fazer uma visita guiada pelo observatório, o que adoramos. Na realidade também congelamos pois nessa manhã estavam 11ºF (cerca de -11,7ºC) …

Telescópio no McDonald Observatory

Telescópio no McDonald Observatory

Parte inferior do telescópio

Parte inferior do telescópio mais recente

Telescópio mais recente

Telescópio mais recente

Telescópio mais antigo

Telescópio mais antigo

Estado da água que tínhamos para beber quando chegamos ao carro de manhã

Estado da água que tínhamos para beber quando chegamos ao carro de manhã

Partimos para Austin (TX), uma cidade muito conhecida pela música, e chegamos a tempo de assistir a uma apresentação de uma escritora famosa (Rebecca Solnit) na universidade. Na manhã seguinte passeamos um pouco pela cidade que pareceu ser muito bonita e repleta de cores atraentes.

Austin - Capital da música :-)

Austin – Capital da música 🙂

Pecan Island esperava por nós, por isso não havia tempo a perder! Ainda antes de sair do Texas (muito perto de Houston) o carro começou a pedir um tratamento mecânico e mais um contratempo a trocar de carro se desenrolou.

A caminho de Pecan Island

A caminho de Pecan Island

Ao entrar em Louisiana a paisagem começou a mudar muito depressa. Começamos a ver pântanos, nuvens de pássaros e casas elevadas (em altura). Foi realmente agradável passar por este sítio 🙂

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s